top of page

Religiões: maneiras de re-ligar

Mensagem recebida no Rito de Louvação ao Orixá Ogum do dia 10/05/22


No alto do morro há uma igrejinha antiga.

Uma cruz de madeira no gramado de entrada.

Paredes de fora brancas, com detalhes em azul.

A simplicidade se manifesta também no interior.

Bancos ordenados e chão de ladrilhos com desenhos antigos.

Poucas imagens de anjos.

Algumas flores frescas.

Tons claros.

Janelas que deixam os raios de sol entrarem.


Recanto que guarda histórias.

Que testemunha a devoção e fé de muitos que por lá passaram.

Já acenderam velas.

Já fizeram o sinal da cruz com água benta na testa.

Já foram colocados sob a pia batismal.

Já prometeram amor eterno.

Já se ajoelharam, cantaram e rezaram de mãos dadas.

Já foram de alma nua e de coração aberto.


Silêncio para se ouvir.

Palavras curadoras que trazem bálsamo e sabedoria.


Local de encontro de famílias.

De amigos.

De vizinhos.

De conterrâneos.

De crianças conhecerem a história de Jesus e coroarem Nossa Senhora.

De recolher doações e distribuir para os necessitados.

De fortalecer intenções sinceras e ligadas ao desejo de bem.

De se deixar encantar por belas canções.


Do lado de fora: céu e nuvens.

Do lado de dentro: conexão e oração.


Ponto de encontro com a dimensão espiritual.

Lembrança do que verdadeiramente importa.


Toda religião que tem o amor como 0 princípio são valiosas.

É preciso respeitar.

Cada pessoa vai se identificar com aquela que mais fizer sentido para si.


Todas as religiões podem trazer pílulas de sabedoria.

Depende da escuta e principalmente da aplicação no dia a dia dos aprendizados e reflexões.

De nada adianta teoria sem vivência.

A Bíblia precisa ser lida com o coração.

O coração precisa guiar as ações junto com a consciência.

A viagem não depende só do caminho, mas também do caminhante.


São válidas todas as religiões que são trajetória para desenvolvimento espiritual.

Pequenas mudanças ainda são mudanças.

Transformações individuais acarretam impactos na humanidade.


Várias religiões usam palavras diferentes para falar das mesmas coisas.


A fé pode ser a salvação quando nada mais faz sentido.

8 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Dias Horas e o Tempo – Mais um ano!

Mensagem recebida no rito de Louvação ao Orixá Ogum do dia 06/12/22 Os dias vem e vão. O sol nasce, brilha e descansa. A lua chega em uma sintonia perfeita e ilumina a noite, fazendo companhia para as

Ternura e gentileza

Mensagem recebida no rito de Louvação ao Orixá Ogum do dia 11/10/22 Amorosidade é uma virtude a ser cultivada e praticada. É possível se posicionar e falar tudo o que é preciso sem se exaltar. Não est

Criancinhas tão queridas, sejam sempre muito bem vindas!

Mensagem recebida no Rito de Louvação ao Orixá Ogum do dia 11/10/22 No céu há pontinhos coloridos que rodopiam no ar Sobem, descem e vão para qualquer lugar! Cores que deixam rastros de alegria, levez

bottom of page